Proempi leva apoio ao prefeito Luiz Fernando Machado

 

Proempi e Prefeitura: restabelecer o canal de relacionamento

Proempi e Prefeitura: restabelecer o canal de relacionamento – Foto Prefeitura de Jundiaí

O presidente da Proempi, Marcio Vioti, acompanhado da diretoria da entidade, ex-presidentes e conselheiros, foi recebido pelo prefeito Luiz Fernando Machado na terça-feira, dia 28 de março. O encontro, solicitado pela Proempi, foi para reforçar o apoio ao governo e disponibilizar a entidade e seu corpo diretivo para colaborar com a administração.

“Nosso intuito é abrir o diálogo, como fazemos em todas as gestões. Tivemos dificuldades na gestão passada, principalmente, com o secretariado que envolvia o trato com o setor imobiliário. Nós não somos os vilões, nós queremos ajudar a construir esta cidade que amamos e defendemos”, destacou o presidente da Proempi, Marcio Vioti.

Marcio explicou ao o prefeito que a Proempi representa o Secovi SP em Jundiaí e região. “Estamos integrados com empresas e profissionais que são de Jundiaí, e por isso nossa atuação é sempre em defesa da cidade”, ressaltou o presidente da Proempi, Marcio Vioti, que também elogiou a formação técnica dos gestores escolhidos para conduzirem as Plataformas de Governo.

Oprefeito Luiz Fernando ressaltou o modelo de integração desempenhado pela atual gestão. “Formatamos um modelo de gestão altamente comprometido com a intersetorialidade, que compartilha responsabilidade entre os setores. Tudo isso para assegurar a qualidade na prestação dos serviços públicos”, afirmou o prefeito.

Márcio Vioti, Sinésio, prefeito Luiz Fernando Machado e Carlos Quadratti

Márcio Vioti, Sinésio, prefeito Luiz Fernando Machado e Carlos Quadratti

Além de oferecer apoio ao governo, a Proempi fez um pedido: restabelecer o canal de relacionamento com as secretarias pertinentes ao mercado imobiliário. “O setor imobiliário só se desenvolve quando uma cidade cresce e se desenvolve. Dizer que a cidade não pode crescer porque vai perder a qualidade de vida, é um pensamento retrógrado, cidades que pensam assim pararam no tempo”, comentou Sérgio Del Porto, membro do Conselho Nato da Proempi.

O prefeito entendeu a solicitação da Proempi e sugeriu organizar reuniões de plataformas para desburocratizar, envolvendo todas as áreas pertinentes ao setor imobiliário. “As plataformas de governo permitem que trabalhemos interligados”, destacou.

Para o presidente da Proempi, é preciso criar um ambiente que mostre para a sociedade que o Plano Diretor precisa ser revisto para não prejudicar a cidade. “Temos que explicar para a população que o mercado imobiliário não cria a demanda, ele atende a demanda. Precisamos desfazer essa massa crítica e esclarecer estes pontos que ainda fazem parte do consciente coletivo”, explicou Vioti, concordando com a sugestão de Sinésio Scarabello Filho, gestor de Planejamento Urbano e Meio Ambiente, em promover uma palestra com um urbanista, por exemplo para esclarecer os pontos críticos do Plano Diretor. “Como vamos provar isso? Mostrando os números da cidade”, ressaltou Sinésio.

 

Cíntia Souza – Assessoria de Comunicação da Proempi