IMG_1543

Jundiaí tem 7,6% de déficit habitacional, apresenta vice-presidente da Proempi

O vice-presidente de Comunicação e Eventos da Proempi, Eli Gonçalves, foi o palestrante do Ciclo de Palestras promovido pela Proempi em parceria com o Secovi SP. O encontro, que aconteceu na Associação dos Engenheiros de Jundiaí, dia 19 de junho, reuniu cerca de 100 pessoas entre gestores da administração pública e profissionais que atuam em construtoras e incorporadoras.

De acordo com Eli, Jundiaí registra atualmente 7,6% de déficit habitacional e os municípios de Louveira, Cabreúva e Itupeva possuem números ainda maiores, ficando inclusive nos primeiros 10% das cidades paulistas com maior escassez de moradias. Eli é especialista em marketing e inteligência de mercado imobiliário e os números são resultado de muita pesquisa.

Ele explicou que nesta escala Louveira aparece em 9º lugar no estado, com 12,3% de déficit habitacional total, seguido por Cabreúva, na 22º posição, com 11,2%, e Itupeva, na 56º posição, com 9,8%”. “A demanda imobiliária de Jundiaí se deve às mudanças culturais e demográficas com os novos valores da geração Y, por exemplo, que corresponde aos jovens nascidos em meados da década de 80) e idosos, que representam 21% da massa salarial brasileira”, explicou.

 

Na palestra de Eli Gonçalves, também foi abordado o déficit habitacional no Brasil, no Estado de São Paulo, no Aglomerado Urbano de Jundiaí e até dos bairros da cidade. O representante do Secovi-SP, Ricardo Benassi, esteve no evento. “Nossos encontros agregam conhecimento, nos fazem refletir sobre aspectos do mercado, ao mesmo tempo em que orientam as formas pelas quais os incorporadores poderão atuar neste segmento”, ressaltou.

Você pode baixar apresentação de Eli, neste link. Acompanhe também as fotos do evento: